Point of View

click here for english version

A referência de grandes obras para o cinema brasileiro é fundamental.

O áudio de um trabalho faz parte de sua identidade e pode proporcionar ainda mais vida a qualquer atividade artística produzida. Sem conseguir contar a história ideal o trabalho perde sua força de expressão.

Por isso é imprescindível que o pano de fundo de todo processo seja a expressão aliada à arte e à criatividade. Esse é um dos nossos compromissos: manter a essência de sua expressão artística, preservando a linguagem e leitura fiel à ideia principal.

Aqui disponibilizamos textos com ideias, dicas e notas sobre a importância de uma boa “post” com o intuito de trocar informações com o pessoal que trabalha com som e também para deixar algumas boas referências com as quais trabalhamos e alinhamos nossos valores 😉

“Como os sintetizadores mudaram os filmes”

Era 1963 quando o filme Pássaros, de Alfed Hitchcock, foi lançado. Esse foi o primeiro filme com Sound Design, que se preocupou em usar o som como um componente essencial da história, criando atmosfera e suspense. Os pássaros do filme muitas vezes nem eram vistos, mas ouvidos, e através dessa linguagem sutil foi possível criar nova ambientação e também novas emoções no espectador. Além de ter se tornado um cult, Pássaros se tornou referência para o mercado de audio quando inseriu uma nova abordagem para o conjunto completo de uma obra. Deixamos aqui a sequência final para você conferir esse trabalho:

“O Som de um filme é sua forma de expressão”

A WCD trabalha com som, Arte, inovação. Por isso, não basta divulgar seus trabalhos e propostas, mas é preciso também sugerir bons filmes e discorrer um pouco a respeito do sound design ao redor do mundo. Afinal, inspiração é importante para que a Arte se mantenha sempre inovadora.

O trabalho de design de som no curta metragem “Confusion Through Sand” , por exemplo,  é impecável.

Faz  sentir, através do som, a atmosfera inóspita e insegura presentes  num campo de batalha se misturando ao som de um antigo vilarejo destruído pela guerra. O trabalho de audio desse filme transmite as emoções dos personagens apenas com seus ruídos ( a forma como se movimentam, sua respiração). E a animação realizada de forma tradicional é muito bonita, vale dizer, sem os recursos da renderização 3D.

Para quem estuda e aprecia cinema é um curta metragem imperdível. Assista ao curta abaixo e, na sequência, o making of:


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s